Unesco reconhece vida e obra de comunista como patrimônio da humanidade

O argentino nascido em Rosário, Província de Santa Fé em 14 de Junho de 1928, Ernesto Che Guevara fez de sua vida uma das maiores contribuições para a libertação dos povos da América latina e do mundo. Agora a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, reconhece os escritos do revolucionário como Patrimônio da Humanidade. Os documentos foram incluídos no Programa de Memória do Mundo. Este programa que possui em seu registro 299 documentos e coleções dos cinco continentes agora conta com 431 manuscritos do Che, 567 documentos sobre sua vida e obra, assim como uma seleção de materiais iconográficos, cinematográficos, cartográficos e objetos para museu. Para Juan Antonio Fernández, presidente da Comissão Nacional Cubana da Unesco, esta decisão reconhece a “contribuição do Che ao pensamento revolucionário latino-americano e mundial, que o converteram em símbolo de rebeldia, de liberação e internacionalismo”.
ImagemO exemplo do guerrilheiro heroico ultrapassa as barreiras do tempo e até hoje inspira os revolucionários do mundo. Che, como era carinhosamente chamado entre os guerrilheiros do movimento 26 de Julho, ficou conhecido por utilizar de suas próprias atitudes para demonstrar como deve se comportar um revolucionário frente a diversas situações, seja da vida cotidiana, seja no front de batalha. Ernesto nunca se recusava a uma tarefa e defendia que um revolucionário deve estar onde a revolução necessita. Enquanto Ministro da Indústria foi um grande entusiasta do trabalho voluntário como emulação comunista, ele próprio se dedicou durante anos ao trabalho voluntário na produção, uma vez por semana.
Sobretudo, Che era um internacionalista e ao cumprir com suas tarefas em Cuba, foi construir a revolução no mundo. Passando pela África e por fim voltando à América Latina o guerrilheiro foi assassinado na Bolívia sob orientação e apoio da CIA em 9 de outubro de 1967. Ainda assim, Che vive, nas lutas dos povos do mundo para libertarem-se da opressão. Suas ideias estão mais vivas do que nunca. Seu exemplo arrasta milhões todos os anos para as lutas. Sobre Che, não há melhores palavras do que as de seu amigo e camarada Fidel quando diz, “Se queremos um modelo de homem, um modelo de homem que não pertence a este tempo, um modelo de homem que pertence ao futuro, de coração digo que esse modelo, sem uma mancha em sua conduta, sem uma só mancha em suas atitudes, sem uma só mancha em sua atuação, esse modelo é Che! Se queremos expressar como desejamos que sejam nossos filhos, devemos dizer com todo o coração de veementes revolucionários: queremos que sejam como Che!”

(Esta matéria foi publicada na versão impressa do Jornal A Verdade n°153)

Leia também:

http://lidymonteirowm.wordpress.com/2013/07/20/escritos-de-che-guevara-se-tornam-patrimonio-da-humanidade-em-cerimonia-da-unesco/

http://averdade.org.br/2011/09/che-e-fidel-uma-amizade-revolucionaria/

Anúncios

18 comentários sobre “Unesco reconhece vida e obra de comunista como patrimônio da humanidade

  1. Já li muito pró e contra Cuba.Penso que Che Guevara elucubrou em termos de um um novo homem que infelizmente a falência do comunismo provou ser um mero sonho.Convicto de seus ideais(nobres, sem dúvida)lutou, viveu e morreu acreditando neles.O capitalismo desfigurou o mundo, principalmente com a evolução da tecnologia.Paradoxo?Pra mim não.Não houve gradualidade que fizesse com que a humanidade fosse entendendo e acompanhando progressivamente as mudanças, sem agressões ao meio ambiente, à própria sociedade como um todo e à alma, abruptamente violentada por uma mudança de costumes avassaladora.O consumismo tomou o lugar do humanismo.Degenerou os costumes e tornou as pessoas cada vez mais egoístas e solitárias.A dinâmica da vida pós-moderna nos faz autênticos robôs de um cotidiano enfadonho e ao mesmo tempo necessitado cada vez mais de “renovações” que nunca nos satisfazem.As ideologias faliram, literalmente.Pelo menos contra postas entre capitalismoX comunismo.Dois sistemas que não conseguiram captar o cerne do ser humano.Na forma mais alta de sua existência.O próprio ser.
    O que nos espera no futuro?Um cataclisma que faça tudo começar do zero?Ou a continuidade existencial sem chegar alugar nenhum?
    Com a palavra os pensadores mais profundos sobre o tema.

  2. Che Guevara,eternamente nos corações e mentes de quantos,mundo afora,sonharam e sonham o ideal da Liberdade e da Justiça !
    Antes da Revolução Cuba era o cabaret dos americanos,lugar público onde se bebe, dança e pratica sexo. Depois da revolução Cuba investiu na saúde e educação do povo,tendo o IDH (índice de desenvolvimento humano ) próximo aos de países do primeiro mundo como Noruega,Suécia,Canadá.

  3. É pena que Che se tenha transformado num mártir da revolução e por isso a burguesia vê com doçura a imagem heróica deste revolucionário da Montanha e dos ideiais mais nobres da humanidade. No entanto a sua obra teórica e as suas cartas dirigidas aos governantes de Cuba, com especial importância a que foi enviada ao ministro da Cultura em 1965 continuem no segredo dos deuses e não sejam divulgadas como a sua célebre foto de guerrilheiro imortal.

  4. Meu pai nasceu em 1928, criou onze filhos, dando o exemplo pelo seu trabalho, nunca matou ninguém, vive até hoje, nunca foi lembrado pela unesco. O che não se formou médico portanto não passava de um charlatão exercendo a medicina de forma illegal, matou centenas de oponentes, nunca venceu uma batalha fora da ilha cubana e acho um péssimo exemplo para a juventude, em especial, por nunca ter um trabalho produtivo. Só pregar revolução não resolve o problema do mundo.

  5. Só quem não conhece da vida do grande Che é que pode estar contra esta distinção, pois o Doutor merece-a!!!

  6. Ele e os irmãos Castro promoveram uma carnificina em Cuba, destruíram a economia cubana e expulsaram empresas e investimentos do país. Depois, ainda culparam os Estados Unidos pela derrocada! Não gosto dos Estados Unidos, mas não se pode culpá-los pelo caos implantado pelos “revolucionários”! Estudem sobre Cuba, antes e depois da “revolução”!

  7. Mas a Unesco vê, a prova disso é que Che vai estar em seus registros e o Newton Cruz, o Pinochet, Videllas, etc vão pra onde pertencem, o lixo da história.

  8. …e tudo isso é muito relativo. Há que pesar-se boas ações e crueldades cometidas, para se opinar pró ou contra essa “vitória da humanidade”.

  9. Não vejo diferença entre esse sanguinário que ceifou vidas e o Gal Newton Cruz! Quem não gostou, fique sem gostar!!

    • Quem não vê diferença entre o revolucionário Gue e o tal Newton Cruz,é porque é ignorante e pobre de espirito. Que Deus tenha piedade dele.

    • Frances: o Gal. Newton lutou para manter o status quo,enquanto Che lugou contra as oligarquias. Essa é a diferença!!!

  10. Apesar de muito tarde, finalmente a UNESCO reconhece no grande revolucionário, ERNESTO CHE GUEVARA ” O VELHO cHE”, como um homem de bem e que dedicou sua vida ao bem da humanidade.Parabéns, esta decisão é umaa vitória para toda a humanidade.

Os comentários estão desativados.