Aos olhos da medusa

O verde em cinza
E a poesia está aos olhos da medusa
Ranzinza
Com tudo se abusa
Mas, haverá quem faça o verso
Duro, árido, pétreo
Sujo, pálido, térreo
Parco, ávido, prédio
Porta, sólido, peão

Aqui o melhor comentarista é você!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s